Novas maneiras de proteger a nossa comunidade contra abusos

By Adam Mosseri

10 de agosto de 2021

Hoje, estamos anunciando novos recursos para ajudar a proteger as pessoas contra abusos no Instagram:

  • Um recurso para limitar comentários e solicitações de mensagem direta durante picos de atividade;
  • Avisos mais severos para usuários que tentam publicar comentários potencialmente ofensivos;
  • Implementação em todo o mundo do recurso Palavras ocultas, que permite filtrar solicitações de mensagens diretas abusivas.

Somos responsáveis por garantir que todas as pessoas se sintam seguras no Instagram. Não permitimos discurso de ódio nem bullying, e removemos esse tipo de conteúdo sempre que o encontramos. Acima de tudo, também queremos impedir que as pessoas cheguem a sofrer esses abusos. Por isso, estamos sempre ouvindo a nossa comunidade e especialistas, e desenvolvendo novos recursos para dar às pessoas mais controle sobre a experiência que elas têm no Instagram e ajudar a protegê-las.

Limites: uma forma fácil de evitar mensagens diretas e comentários indesejados

Para proteger as pessoas quando elas recebem ou esperam receber um grande volume de mensagens diretas e comentários abusivos, criamos o recurso Limites. Fácil de ativar, ele oculta automaticamente comentários e solicitações de mensagens diretas de pessoas que não seguem você ou que se tornaram suas seguidoras recentemente.

Desenvolvemos esse recurso porque criadores de conteúdo e figuras públicas podem enfrentar picos repentinos de comentários e solicitações de mensagens diretas de pessoas que não conhecem. Em muitos casos, esses picos podem trazer manifestações de apoio, como acontece quando um atleta ganha uma medalha olímpica. Mas os picos também podem ser de mensagens ou comentários indesejados. Agora, se você estiver passando por uma situação assim, ou achar que isso tem chances de acontecer, pode ativar o recurso Limites e evitar o transtorno.

Segundo as nossas pesquisas, boa parte da negatividade enfrentada por figuras públicas provém de pessoas que não as seguem ou se tornaram seguidoras delas recentemente, sendo numerosas em um momento pontual. Vimos isso após a final do Campeonato Europeu de Futebol de 2020, quando houve um aumento significativo (e inaceitável) de mensagens racistas contra jogadores. Os criadores de conteúdo também nos disseram que não querem desativar totalmente os comentários e as mensagens. Eles ainda querem saber o que a comunidade deles pensa e nutrir esse relacionamento. Com o recurso Limites, você pode continuar em contato com seguidores antigos enquanto limita as interações com pessoas que talvez só estejam na sua conta para ofender.

A partir de hoje, o recurso Limites estará disponível para todos os usuários do Instagram no mundo inteiro. Acesse as configurações de privacidade para ativá-lo ou desativá-lo quando desejar. Também estamos explorando formas de detectar quando haverá um pico de comentários e mensagens diretas. Assim, poderemos exibir um aviso para que as pessoas ativem o recurso Limites.

Avisos mais severos para desencorajar atos de abuso

Atualmente, mostramos avisos quando alguém tenta publicar um comentário potencialmente ofensivo. Se a pessoa tenta publicar esse tipo de comentário muitas vezes, mostramos um aviso ainda mais rigoroso para lembrá-la das Diretrizes da Comunidade e informar que poderemos remover ou ocultar o comentário se ela continuar. Agora, em vez de esperar o segundo ou terceiro comentário, mostraremos essa mensagem mais severa já na primeira vez.

Descobrimos que esses avisos realmente desencorajam a publicação de ofensas. Por exemplo, na última semana, mostramos cerca de um milhão de avisos por dia em média para as pessoas quando elas estavam fazendo comentários potencialmente ofensivos. Desse total, aproximadamente 50% das vezes o comentário foi editado ou excluído pelo usuário com base no aviso.

Combatendo abusos em mensagens diretas e comentários

Para ajudar a proteger as pessoas contra abusos nas solicitações de mensagem direta, anunciamos recentemente o recurso Palavras ocultas. Ele filtra automaticamente palavras, frases e emojis ofensivos para que as mensagens com esse conteúdo sejam enviadas a uma pasta oculta, que você só abre se quiser. O recurso também filtra solicitações de mensagem direta que podem ser spam ou de baixa qualidade. No início do ano, lançamos esse recurso em alguns países. Ele será disponibilizado para os usuários no mundo inteiro até o fim deste mês. Continuaremos incentivando contas com muitos seguidores a usá-lo para filtrar a caixa de entrada de mensagens diretas e de stories.

Expandimos a lista de palavras, hashtags e emojis potencialmente ofensivos que filtramos automaticamente nos comentários e continuaremos a atualizá-la frequentemente. Recentemente, adicionamos uma nova opção para "Ocultar mais comentários", que inclui conteúdos potencialmente prejudiciais que não necessariamente violam as nossas regras.

Próximos passos da luta contra abusos online

Esperamos que esses novos recursos protejam as pessoas ainda mais contra conteúdo abusivo, seja ele racista, sexista, homofóbico ou ofensivo de outra forma. Sabemos que ainda temos muito trabalho pela frente, como aprimorar os nossos sistemas para encontrar e remover conteúdo abusivo mais depressa e responsabilizar as pessoas que o publicaram. Também sabemos que, embora façamos o possível para combater o ódio na nossa plataforma, não conseguiremos resolver o problema sozinhos. Vamos continuar investindo em organizações que combatem a injustiça racial e a desigualdade, além de buscar novas parcerias com empresas, governos e organizações sem fins lucrativos para educar as pessoas e ajudar a eliminar o ódio. Esse trabalho ainda não terminou. Vamos continuar compartilhando novidades sobre o nosso progresso.

ARTIGOS RELACIONADOS

Confira mais avisos sobre Instagram