Ferramentas e recursos novos para pais e adolescentes na VR e no Instagram

14 de junho de 2022

  • Hoje, anunciamos o lançamento de ferramentas e recursos novos para ajudar pais, mães ou responsáveis e adolescentes nas nossas tecnologias.
  • Em breve, pais, mães ou responsáveis poderão configurar ferramentas de supervisão na VR em todos os headsets Quest, além de usar novos recursos de supervisão disponíveis no Instagram, como enviar convites para os filhos ativarem ferramentas e definir horários para limitar o uso da plataforma pelos adolescentes. As ferramentas de supervisão no Instagram estão começando a ser lançadas no mundo todo.
  • Além disso, vamos continuar adicionando recursos para ajudar os adolescentes a gerenciar melhor o tempo que passam no Instagram, com novos avisos e lembretes para usar o recurso Fazer uma pausa.

Ferramentas e recursos para a supervisão do Quest pelos pais

Começamos a lançar ferramentas de supervisão para pais em todos os headsets Quest. No Painel para Pais, os pais, mães ou responsáveis podem:

  • Aprovar o download ou a compra que os adolescentes desejam fazer de um aplicativo bloqueado por padrão com base na classificação da IARC.
    • Os adolescentes com 13 anos ou mais podem enviar uma solicitação "Pedir para comprar", que gera uma notificação para o pai, mãe ou responsável.
    • Em seguida, o pai, mãe ou responsável pode aprovar ou recusar a solicitação no aplicativo Oculus para celular.
  • Bloquear aplicativos específicos que podem ser inadequados para os filhos. Isso evita que os adolescentes abram esses aplicativos. É possível bloquear aplicativos como navegadores da web e aplicativos disponíveis na Loja do Quest.
  • Ver todos os aplicativos que pertencem aos adolescentes.
  • Receber "Notificações de compra" para saber quando os adolescentes fazem uma compra na VR.
  • Ver o tempo de tela no headset por meio do aplicativo Oculus para celular. Isso permite saber quanto tempo os adolescentes passam na VR.
  • Ver a lista de amigos do Oculus dos adolescentes.
  • Bloquear o Link e o Air Link para evitar que os adolescentes acessem conteúdo do computador no headset Quest.

Para que os pais possam vincular a própria conta à conta dos filhos, os adolescentes devem iniciar o processo. Em seguida, o pai, mãe ou responsável e o filho deverão concordar.

Também estamos lançando a nossa Central de Educação para Pais, incluindo um guia sobre as ferramentas de supervisão dos pais na VR elaborado pela ConnectSafely. Com ele, os pais, mães ou responsáveis podem saber como conversar sobre a realidade virtual com os filhos adolescentes.

Esse é apenas um ponto de partida, orientado por uma colaboração cuidadosa com especialistas do setor. Continuaremos a aumentar e desenvolver as nossas ferramentas de supervisão ao longo do tempo.

Ampliando os recursos de supervisão para pais no Instagram

No Instagram, os pais, mães ou responsáveis podem:

  • Enviar convites para os adolescentes ativarem ferramentas de supervisão. A princípio, apenas os adolescentes podiam enviar convites.
  • Definir horários específicos durante o dia ou a semana para limitar o uso do Instagram pelos adolescentes.
  • Ver mais informações quando os adolescentes denunciarem uma conta ou publicação, incluindo quem foi denunciado e o tipo de denúncia.

Caso você resida nos EUA e já tenha configurado ferramentas de supervisão no Instagram, as atualizações mencionadas aqui estão disponíveis juntamente com as nossas outras ferramentas de supervisão. A partir deste mês, essas ferramentas serão lançadas em outros países, como Reino Unido, Japão, Austrália, Irlanda, Canadá, França e Alemanha. Planejamos lançá-las no mundo todo antes do fim deste ano. Acesse a nossa Central da Família para saber mais.








Ajudando os adolescentes a gerenciar o tempo no Instagram

No Instagram, os adolescentes começarão a ver novos avisos. Em alguns países, os adolescentes verão uma notificação com um incentivo para mudar de tópico caso estejam pesquisando o mesmo tópico várias vezes no Explorar. Esse aviso foi criado para incentivar os adolescentes a descobrir algo novo e exclui determinados tópicos que podem estar associados à comparação de aparência.

Criamos esse recurso porque as pesquisas mostram que os avisos podem ser eficazes para ajudar as pessoas (principalmente adolescentes) a prestarem mais atenção na forma como estão usando as redes sociais em determinado momento. Segundo um estudo sobre os efeitos dos avisos no uso das redes sociais, 58,2% dos participantes concordam ou concordam totalmente que os avisos melhoram a experiência nas redes sociais, pois os ajudam a prestar mais atenção no tempo que passam na plataforma. Nossa pesquisa mostra que eles também estão funcionando: durante um período de testes de uma semana, um em cada cinco adolescentes que viram os nossos novos avisos mudou para um tópico diferente.

comando interativo do aviso

Lançamos o recurso Fazer uma pausa para lembrar as pessoas de dar um tempo do Instagram. Em breve, vamos lançar novos lembretes para os adolescentes ativarem o recurso Fazer uma pausa quando estiverem rolando a tela do Reels durante determinado período. Os lembretes incluirão vídeos do Reels produzidos por jovens criadores de conteúdo, como @foodwithsoy, @abraxaxs e @mayasideas. Eles vão compartilhar dicas para fazer uma pausa e explicar por que dar um tempo nas redes sociais é uma boa ideia. Esses recursos estão sendo testados nos seguintes países: EUA, Reino Unido, Irlanda, Canadá, Austrália e Nova Zelândia. Ainda neste ano, eles serão lançados nesses e em outros países.

Além disso, por meio de financiamento e orientação, estamos incentivando jovens criadores de conteúdo nos EUA a compartilhar mais conteúdo no Instagram que inspire adolescentes e promova o bem-estar desse público. Um Comitê Diretivo de Especialistas em psicologia infantil e alfabetização digital dará orientações baseadas em evidências sobre como os criadores de conteúdo participantes do programa podem usar uma linguagem que fortaleça o bem-estar emocional e a autoimagem. Os participantes também aprenderão a criar conteúdo responsável online e a cuidar de si mesmos e das próprias comunidades online e offline.

lembretes de pausas

Recursos endossados por especialistas

Vamos adicionar à Central de Educação da Central da Família novos artigos de organizações como Parent Zone, MediaSmarts, National Association for Media Literacy Education e Cyberbullying Research Center. Nesses artigos, os pais, mães ou responsáveis poderão obter dicas úteis sobre como conversar com os adolescentes sobre diferentes tópicos do ambiente online, incluindo como interagir de maneira segura com outras pessoas e como prestar mais atenção ao próprio comportamento online. Continuaremos colaborando com especialistas e organizações para disponibilizar ainda mais recursos para pais, mães e responsáveis. Também vamos adicionar uma nova página de privacidade, onde os adolescentes poderão obter mais informações sobre configurações, padrões e recursos de privacidade no Quest, Instagram, Facebook e Messenger.

Como criamos experiências e produtos seguros para adolescentes

Para criar produtos e experiências que ajudem a manter os jovens em segurança, colaboramos diretamente com adolescentes, pais e especialistas. Nos últimos anos, incorporamos as melhores práticas das Nações Unidas (ONU), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e de grupos defensores dos direitos das crianças.

Hoje, vamos compartilhar mais detalhes sobre um processo interno que criamos para aplicar os padrões da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Crianças (UNCRC) ao desenvolvimento dos nossos produtos. A Convenção enfatiza que "aquilo que for benéfico para a criança" deve orientar a criação de serviços, produtos e experiências para jovens. Esse processo orienta as nossas equipes sobre como aplicar esses padrões ao desenvolvimento de experiências digitais para pessoas com menos de 18 anos que usam as nossas tecnologias. Leia mais sobre o nosso trabalho em prol do Benefício das Crianças e veja como ele está por trás das experiências que criamos para jovens.

"É muito animador saber que a Meta presta atenção às necessidades de jovens e pais, além de criar ferramentas que incentivam conversas oportunas. Na Parent Zone, sabemos a dificuldade que os pais enfrentam quando se sentem alheios ao mundo digital dos filhos. Com essas novas ferramentas, estamos vendo a parceria entre famílias e plataformas aumentar. Esse é um marco extremamente positivo."

— Vicki Shotbolt, fundadora e CEO da Parent Zone

"Com as tecnologias de VR ganhando popularidade e o Quest se tornando o produto favorito de muitos jovens, os pais, mães e responsáveis terão acesso a ferramentas para proteger e se envolver na participação e nas experiências dos filhos adolescentes. Estamos contentes com o fato de que a Meta continua buscando informações respaldadas por dados e fornecidas por pesquisadores e profissionais de vários campos das ciências sociais para criar soluções em que jovens, famílias e educadores possam encontrar as ferramentas e os recursos necessários para explorar e interagir com as plataformas favoritas de maneira segura e divertida."

— Dr. Sameer Hinduja, codiretor do Cyberbullying Research Center

ARTIGOS RELACIONADOS

Confira mais avisos sobre produto